Rotatividade de pessoal: Como evitar seu aumento na sua empresa?

Toda empresa apresenta rotatividade de pessoal, pois vez ou outra pode acontecer de funcionários serem demitidos, se aposentarem ou pedirem demissão e por consequência serem substituídos por novos contratados. É algo normal e até mesmo esperado, no entanto representa um grande problema quando se torna recorrente.

Nesse caso pode ser uma indicação de que a empresa está apresentando má gestão de pessoas, assim não conseguindo manter seus talentos ou tendo problemas financeiros.

Além disso, a saída e entrada de funcionários novos pode causar prejuízos financeiros à organização que tem que pagar os direitos dos colaboradores desligados e novos processos seletivos e treinamentos. Vamos mostrar informações interessantes que ajudarão você a evitar a rotatividade de pessoal em sua empresa e assim obter bons resultados.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

O que é rotatividade de pessoal?

É um termo usado para definir a saída de colaboradores de uma empresa e a substituição deles por novos profissionais. Ele também é conhecido como turnover, que é um termo em inglês que significa “renovação”.

Segundo o estudo Causas e Efeitos da Rotatividade de Pessoal/Turnover publicado no site da AEDB (Associação Educacional Dom Bosco) a gestão de pessoas vem mudando com o avanço da tecnologia, sendo que o conhecimento começou a ser mais valorizado e por consequência as pessoas por meio de suas habilidades passaram a se tornar mais importantes para as empresas.

Além disso, com a alta competitividade no mercado há uma grande preocupação com o aumento da rotatividade de pessoal, uma vez que por meio dela há queda na produtividade e prejuízos financeiros à organização.

Quais as causas da rotatividade de pessoal?

A rotatividade de pessoal pode acontecer por motivos involuntários como no caso de aposentadorias e ofertas de emprego que se adequem melhor aos objetivos do profissional.

No entanto existem causas que têm relação com a má gestão de pessoas dentro da organização. Vamos conhecê-las.

Má liderança

Quando o líder possui uma conduta ruim e não se esforça em manter uma boa relação com sua equipe, se torna difícil a convivência e por isso pode provocar o desligamento de bons funcionários.

Remuneração baixa

Os funcionários se sentem desanimados ao notar que seus salários são mais baixos do que os aplicados em outras empresas.

Ambiente de trabalho péssimo

Quando a empresa possui uma cultura organizacional de má qualidade, em que passa a adotar condutas antiéticas como fofocas e conflitos o ambiente de trabalho se torna péssimo, o que provoca insatisfação e aumento na taxa de turnover.

Falta de oportunidade de crescimento

O desejo dos profissionais é crescer dentro da organização e quando a empresa não investe no desenvolvimento de pessoas acaba desmotivando os funcionários mais interessados, podendo assim gerar a rotatividade de pessoal.

Ausência de reconhecimento

Os colaboradores também se sentem desvalorizados quando realizam um trabalho bem feito e não recebem nenhum elogio ou feedback positivo. Assim eles se sentem desmotivados no trabalho e podem procurar outras empresas que valorizem mais seu desempenho.

Quais as consequências do aumento da rotatividade de pessoal?

Toda saída de funcionário gera consequências ruins para a empresa. A única exceção é quando um funcionário que apresenta um desempenho ruim é substituído por um de melhor performance.

Confira os impactos que o aumento do turnover proporciona.

Prejuízos financeiros

O estudo publicado no site da AEDB conta que uma das principais consequências da rotatividade de pessoal é o prejuízo financeiro, pois a saída de um funcionário no caso de uma demissão implica no pagamento dos encargos trabalhistas.

Já a contratação de um novo funcionário exige gastos com novos processos seletivos, entrevistas e treinamento, além de que o novo colaborador ainda precisa se ambientar à empresa para proporcionar a mesma produtividade do anterior.

Menos produtividade

Como foi mencionado, a falta de um funcionário experiente em determinado setor pode baixar a produtividade do mesmo, assim exigindo que a empresa tome alguma atitude para que as demandas sejam atendidas, o que também acaba prejudicando a empresa financeiramente.

Falta de estrutura nos setores

Com a falta de um ou mais funcionários os setores ficam desestruturados, assim causando o sobrecarregamento de atividades para o restante da equipe, além de gerar insegurança nos colaboradores que ficam temerosos em perder o emprego. Isso afeta o clima organizacional da empresa, podendo gerar conflitos e competitividade.

Perda de capital humano

Quando a taxa de turnover aumenta a empresa acaba perdendo bons talentos, o que pode afetar o trabalho da equipe, diminuindo sua performance e assim tendo dificuldades de atingir os objetivos esperados.

Como fazer o cálculo da rotatividade de pessoal?

O cálculo do turnover vai variar de acordo com a realidade da sua empresa. Empresas que contratam trabalhadores terceirizados podem ter variações grandes na taxa de rotatividade, pois tudo depende da sua demanda.

Por outro lado lojas comerciais costumam aumentar suas vendas em datas específicas como Páscoa, Natal, Dia das Crianças, entre outras. Por isso é interessante levar em conta essas variações.

São utilizados dois cálculos, sendo que o primeiro considera apenas os desligamentos enquanto que o segundo leva em conta as substituições. Vamos conhecê-los:

  • Cálculo da taxa de desligamento: a fórmula compreende a divisão do número de demissões pelo número de funcionários ativos no último dia do mês anterior;
  • Cálculo do turnover que considera substituições: a fórmula é mais complexa compreendendo a soma do número de funcionários demitidos que serão substituídos e do número de contratados para substituí-los dividido pelo número de colaboradores ativos no último dia do mês anterior.

 

Como evitar o aumento da rotatividade de pessoal?

É difícil evitar o turnover totalmente, pois podem acontecer situações que independem da boa vontade do gestor, no entanto é possível prevenir seu aumento, para que não venha gerar prejuízos maiores à empresa.

Vamos conhecer algumas atitudes que você pode tomar em sua organização.

Reconheça as causas da rotatividade de pessoal

Primeiramente você deve identificar os motivos que levam os funcionários a se sentirem insatisfeitos na empresa. Você pode fazer isso por meio de avaliações e mapeamento, veja alguns exemplos:

  • pesquisa de clima: ferramenta que tem como objetivo saber o que afeta a motivação e satisfação de seus funcionários em relação ao trabalho que exercem em sua companhia;
  • entrevista de desligamentos: quando um colaborador é demitido é importante realizar uma entrevista para saber sua opinião em relação ao clima organizacional da empresa, se dava-se bem com colegas e gestores e se estava satisfeito com o trabalho que exercia e salário que ganhava;
  • processo seletivo: antes de selecionar novos talentos é importante saber por que os candidatos desejam trabalhar em sua empresa e se eles tem o desejo de crescer profissionalmente nela;
  • integração do novo profissional a cultura da empresa: é importante que os colaboradores admitidos recentemente sejam monitorados, dessa forma é possível analisar se o trabalho é o que eles imaginavam e se estão satisfeitos com a cultura e estrutura da empresa e seus colegas de trabalho e gestores.

 

Proporcione um bom ambiente de trabalho

As pessoas se sentem muito mais motivadas a trabalhar e a permanecerem na empresa quando o ambiente de trabalho é sadio. Por isso é importante incentivar a comunicação das equipes, reduzir conflitos e realizar investimento em ações que contribuam para a saúde física e mental dos colaboradores, como ginástica laboral, sala de descanso e leitura, entre outros.

Dê recompensas

É importante dar bônus e recompensas às equipes quando um objetivo for alcançado, pois assim motiva os funcionários a trabalharem cada vez melhor e serem comprometidos com a empresa. Isso só gerará mais satisfação e melhorará os resultados.

Promova oportunidades de crescimento

É importante que você implemente um plano de carreira em sua empresa, incentivando os funcionários mais produtivos e leais a crescerem profissionalmente. Dessa forma eles se sentirão mais motivados a trabalharem cada vez melhor e a permanecer em sua companhia.

As empresas costumam dividir o mesmo cargo em três níveis: júnior, pleno e sênior, assim conforme vão evoluindo os profissionais mudam de categoria, o que gera crescimento e comprometimento.

Crie objetivos de retenção

É interessante analisar o percentual de rotatividade da empresa e estabelecer um objetivo para diminuí-lo dentro de um determinado período de tempo. Isso ajudará a equipe de gestão a se planejar e saber como atuar para que a meta seja alcançada.

Implemente o programa de desenvolvimento de lideranças

A liderança deve dar o exemplo em uma equipe e atuar para que haja uma boa comunicação e relações pessoais saudáveis entre os colegas e gestores. Por isso é indicado realizar o desenvolvimento de lideranças que envolve o treinamento de gestores para que desenvolvam habilidades que os tornem líderes mais aptos.

Pois um verdadeiro líder não exige apenas determinada conduta de seus funcionários, mas são verdadeiros exemplos em comportamentos, assim servindo de inspiração e motivação para seus liderados.

» Processos Seletivos + Rápidos e Eficientes
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Agora é com você!

Como você viu a rotatividade de pessoal se torna preocupante quando ocorre de maneira recorrente dentro da empresa. Essa situação pode ocorrer por diferentes motivos que estão interligados com a má gestão de pessoal, como: má liderança, remuneração baixa, ambiente de trabalho péssimo, falta de oportunidade de crescimento e ausência de reconhecimento.

Quando a taxa de turnover aumenta acaba gerando muitas consequências para a companhia, que tem relação com prejuízos financeiros, queda na produtividade e perda de capital humano.

Para evitar esse problema é necessário que a empresa tome algumas atitudes, entre elas:

  • reconheça as causas da rotatividade de pessoal;
  • proporcione um bom ambiente de trabalho;
  • dê recompensas;
  • promova oportunidades de crescimento;
  • crie objetivos de retenção;
  • implemente o programa de desenvolvimento de lideranças.

 

Assim você poderá tornar o ambiente da sua empresa mais saudável e satisfatório para seus colaboradores, o que consequentemente diminuirá a rotatividade de pessoal, sendo altamente benéfico para a organização.

Planilha Gratuita

Controle o Desempenho dos Colaboradores de Forma Prática, Fácil e Eficiente!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba a planilha agora mesmo, de forma gratuita.