Lifelong Learning Para Desenvolvimento de Carreira

Você já ouviu falar em Lifelong Learning? A afirmação de que máquinas ou robôs roubarão nossos empregos ecoou ao longo das décadas, desde as primeiras histórias de ficção científica até os desenvolvimentos mais realistas atuais em eletrônica inteligente, inteligência artificial e automação.

As alegações de que eles assumirão milhões de empregos podem ser apenas parcialmente verdadeiras, enquanto os números exatos são algo que não podemos declarar definitivamente.

Na verdade, as mudanças tecnológicas em curso criarão mais empregos em diferentes setores, se a história for uma indicação.

Então, a questão não é se um robô ou sistema de IA o tornará obsoleto, mas se você enfrentará o desafio de aprender o que é necessário para permanecer relevante e empregado.

Quando você se dedica ao aprendizado de novas habilidades em demanda, você adquire o poder de enfrentar o futuro do trabalho com sucesso.

Dessa forma você estará praticando lifelong learning – aprendizado ao longo da vida.

 

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

O que significa ser um eterno aprendiz?

Abandone a noção comum de que aprender é para crianças e adultos jovens. Você se forma no ensino médio, obtém um diploma universitário e considera sua educação concluída.

No passado, isso pode ter sido suficiente para ter e manter um ótimo emprego até você se aposentar. Mas o conceito de ser um aprendiz mudou.

Não há mais o conceito de aprender, fazer, aposentar. Para ser ágil e adaptável, você precisa aprender, fazer, desaprender — aprender, fazer, descansar — aprender, fazer, desaprender — repetir.

Este é o ciclo de lifelong learning.

As carreiras modernas são como esteiras transportadoras ininterruptas. Você precisa continuar se movendo e aprendendo, não importa qual seja o estágio de sua carreira.

Estar contente é uma mentalidade que nos coloca em risco. Considere a rapidez com que a indústria, os negócios e a tecnologia evoluem – é assim que as pessoas ficam para trás.

Introduzir lifelong learnin no campo profissional garante que o talento permaneça ágil, adaptável e pronto para preencher a próxima lacuna organizacional.

No clima de trabalho de hoje, a aprendizagem ao longo da vida abre caminho para o sucesso presente e futuro.

Em termos mais básicos, um aprendiz ao longo da vida é alguém que continua adquirindo novas habilidades e capacidades muito além de seus anos de educação formal.

Isso envolve muito mais que o estudo de novos temas, mas também desenvolver atitudes positivas e mente aberta em relação às estruturas em constante mudança. O desenvolvimento pessoal continua ao lado do desenvolvimento profissional.

Quem pratica lifelong learning procura oportunidades para expandir seu conhecimento e compreensão.

Enquanto as qualificações ajudam na carreira, a curiosidade e a mentalidade de crescimento convidam a possibilidades futuras.

Os 4 pilares do lifelong learning

O termo lifelong learning surgiu na década de 1970, mas ganhou um maior destaque durante a década de 1990 com o conceito de educação que ultrapassa os limites das instituições e quaisquer barreiras de idade ou nível social.

No entanto, foi a partir de um relatório da Comissão Internacional de Educação para o Século XXI da Unesco, em 2010, que o termo começou a ganhar mais popularidade.

Este processo estimula o desenvolvimento pessoal e profissional de forma voluntária, proativa e permanente, a partir de experiências de aprendizagem.

E isso está sendo valorizado em empresas com cultura organizacional focada na utilização da aprendizagem ao longo da vida para o aprimoramento e desenvolvimento dos colaboradores.

O raciocínio você já conhece: em um mercado de trabalho tão competitivo e com tanta oferta de profissionais, não basta dominar apenas uma técnica para uma função.

O processo de educação continuada fortalece outras habilidades que auxiliam nos desafios mais complexos dos ambientes corporativos.

Conferira os quatro pilares da educação que ajudam a sustentar esse conceito.

1 – Aprender a conhecer

Parece um tanto redundante, mas encontrar a melhor forma de compreender, construir e reconstruir o conhecimento é uma necessidade.

Se o objetivo da aprendizagem contínua é também motivar o senso crítico e as habilidades de reflexão e posicionamento diante dos conflitos, então é preciso instigar a curiosidade e a atenção, e desenvolver autonomia para dominar diferentes linguagens.

Este pilar também é aprender a pensar e não apenas reproduzir pensamentos.

2 – Aprender a fazer

Desempenhar uma função deixou de ser um diferencial dos profissionais, que agora precisam de capacidade socioemocional para enfrentar os desafios do mercado de trabalho.

Um cenário de home office, por exemplo, com trabalho em equipe sendo realizado remotamente, pode ser uma oportunidade para avaliar as tendências de adaptação dos colaboradores.

3 – Aprender a conviver

Uma das habilidades adquiridas através de lifelong learning é a capacidade de compreender os outros e estabelecer vínculos sociais para administrar conflitos.

A participação em projetos comuns, a cooperação e a soma de conhecimentos individuais em benefício da coletividade permite a troca de experiências, fundamental para qualquer ambiente de trabalho.

4 – Aprender a ser

A forma como você age em relação à sua capacidade de aprender com cada experiência determina o tipo de pessoa que você está se tornando.

Autonomia, discernimento e responsabilidade são alguns termos que podem nortear a formação contínua de quem você é.

O processo de aprendizagem deve desenvolver potenciais nas pessoas, como sensibilidade, memória, lógica, ética, criatividade, iniciativa e aptidão para a comunicação.

Os avanços tecnológicos permitem que o lifelong learning seja mais acessível e proporcione a disseminação do conhecimento de forma mais rápida e simples.

A educação, antes restrita aos ambientes formais, está cada vez mais presente em novos espaços, por meio do e-learning, inclusive em ambientes móveis, como os celulares.

Novos formatos de cursos e aulas estão surgindo a cada dia, permitindo que seu processo de educação continue sempre.

Em função da pandemia, a sociedade viu processos de aprendizagem mais autônomos, baseados em aulas 100% digitais. Tudo isso além das plataformas de pós-graduação à distância já existentes.

Este formato on-line de transmissão de conhecimento tem inúmeras vantagens, como a possibilidade de gestão de tarefas e tempo, aderência à sua rotina e ritmo de trabalho e outras exigências pessoais à disponibilidade de frequentar as aulas.

Lifelong learning no desenvolvimento da carreira

O aumento da digitalização e da globalização levam a uma extrema flexibilidade quando se trata de contratar novos talentos.

As empresas escolhem colaboradores independentes ou freelancers mais do que nunca. Elas contratam trabalhadores com base em habilidades em vez de qualificações oficiais ou cargos.

Acrescente o fato de que as habilidades necessárias se transformam regularmente à medida que a tecnologia avança, e o foco dos empregadores em atrair talentos em vez de alguém para preencher um trabalho faz sentido.

Eles precisam de pessoas que apoiem suas políticas, processos e projetos. Se a mesma pessoa continuar a ser ágil e adaptável a longo prazo devido ao seu foco na aprendizagem, ela se tornará um ativo muito mais valioso.

E dominar uma habilidade não garantirá emprego a longo prazo. A vida útil das habilidades está diminuindo ano após ano.

Se você abandonou o aprendizado depois de alcançar o domínio em alguma aptidão, também se tornará obsoleto na força de trabalho.

Essas verdades são válidas para o desenvolvimento pessoal e profissional. Embora o aprendizado baseado na carreira ajude a encontrar o próximo trabalho ou cargo contratado, adotar a mesma mentalidade fora do expediente também oferece benefícios.

Para contextualizar, pense no desenvolvimento pessoal como o processo de aprender qualquer coisa que fortaleça sua mente, melhore a memória e lhe forneça níveis mais altos de autoconfiança.

Isso se traduz não apenas em maior felicidade e satisfação, mas também promove as habilidades sociais que são apreciadas no local de trabalho.

O desenvolvimento profissional, por outro lado, é aprender habilidades comercializáveis e transferíveis que aumentam seu valor no local de trabalho.

A tecnologia e os processos mudam rapidamente e o desinteresse em aprender como aumentar sua utilidade em seu setor se traduz em desinteresse em ajudar seu empregador.

O resultado? Você é o primeiro na fila para demissões ou downsizing.

Se você se desenvolver pessoal e profissionalmente bem o suficiente e continuar a fazê-lo pelo resto de sua vida, você se tornará um ativo e não alguém que possui apenas uma única habilidade para oferecer.

Como colocar em prática lifelong learnin

O processo de aprendizado ao longo da vida envolve ajustes de atitude e o tipo de esforço ao qual você pode não estar acostumado.

No entanto, diante de mudanças radicais e rápidas em todos os setores globais, ele oferece a você a melhor chance de permanecer relevante. Portanto…

Desenvolva uma mentalidade de crescimento

Pesquisas sobre QI e neurociência mostram que o crescimento e a melhoria ao longo da vida são cientificamente viáveis.

No entanto, monólogos internos individuais podem se transformar em mentalidades fixas. Declarações definitivas de “não posso” ou “nunca vou” são muitas vezes profecias autorrealizáveis.

Uma mentalidade de crescimento, por outro lado, abraça desafios, mudanças e críticas no caminho para as metas de aprendizado.

Aceite que a aquisição de habilidades requer esforço, que a melhoria é possível e que os obstáculos e o sucesso dos outros não são motivos para impedir seu progresso.

Assuma a responsabilidade pelo seu futuro

Muitas pessoas culpam o sistema educacional, o governo ou a empresa onde trabalham pela estagnação em suas carreiras.

Quando você é dono de suas decisões, ações e resultados futuros, você se dá o poder de fazer mudanças independentemente do que aconteceu com você nos anos passados ou ontem.

Os aprendizes ao longo da vida procuram oportunidades para seu benefício e crescimento porque entendem que têm o poder e a responsabilidade de moldar seu progresso.

Descubra e siga sua paixão

Se você não tem paixão por sua posição profissional atual, descubra qual é sua paixão e faça o que for preciso para incorporá-la à sua vida.

Encontre paixão onde você está agora. O que torna sua carreira significativa? Que recompensas pessoais você recebe ao realizar suas atividades? Quais os benefícios para outras pessoas?

Reserve um tempo para analisar e encontrar o valor que você fornece ou pode fornecer em seu trabalho.

Com lifelong learning, o desenvolvimento pessoal ajuda você a descobrir não apenas sua paixão, mas como incorporá-la até mesmo nas atividades mais simples.

Você também cultiva novas oportunidades aprendendo habilidades e técnicas adicionais, abrindo caminho para possibilidades no futuro. A paixão alimenta o aprendizado mais do que qualquer coisa.

Vá além das suas próprias expectativas

Muitos profissionais se concentram apenas em um objetivo final: “Cheguei! Agora é só ir em direção à aposentadoria”.

Essa zona de conforto dá uma falsa sensação de segurança, que você precisa superar para não se tornar “dispensável”.

O contentamento é o inimigo do sucesso em uma realidade profissional que muda tão rapidamente na maioria dos setores.

Sair da sua zona de conforto podem incluir o aperfeiçoamento das habilidades existentes para ajudar em tarefas futuras, para tornar as tarefas atuais mais fáceis ou mais eficientes e o crescimento genuíno das habilidades que podem abrir portas para novas funções e responsabilidades.

À medida que computadores, sistemas de IA, robótica e outras máquinas se tornam mais inteligentes e capazes, os trabalhadores precisam fazer o mesmo para permanecerem relevantes e empregados.

Como um eterno aprendiz, você pode se destacar no desenvolvimento e crescimento profissional e pessoal para se tornar inestimável no campo escolhido.

Somente o aprendizado contínuo lhe dará condições de prosperar nesta nova economia global cada vez mais flexível e dinâmica.

Eternos aprendizes inventam e se reinventam sempre que encontram uma oportunidade ou, se não encontram, eles mesmos criam.

Trata-se de garantir que você possa continuar a fornecer benefícios para seu emprego atual e se posicionar como um ativo valioso se precisar encontrar um novo local de trabalho.

Estruture a meta de aprendizado

Encaixar uma nova meta de aprendizado em sua vida agitada exige consideração e esforço. Se você não arranjar tempo e espaço para isso, não vai acontecer. Pode facilmente levar ao desânimo ou ao abandono completo da iniciativa.

Planeje como os requisitos de seu propósito podem se encaixar em sua vida ou o que você precisa fazer para que isso aconteça.

Por exemplo, se aprender um novo idioma é o objetivo de aprendizado, você pode reservar uma hora por dia? Ou 15 minutos por dia parecem mais realistas?

Compreender o tempo e o espaço que você pode dedicar ao seu objetivo irá ajudá-lo a manter seu propósito a longo prazo.

Utilize a tecnologia

Seja qual for o assunto de seu interesse, há uma grande variedade de recursos on-line disponíveis para ajudá-lo a aprender.

Algumas possibilidades são ouvir podcasts, baixar e-Books, fazer cursos à distância, participar de fóruns, entre tantas outras.

Pesquise e você encontrará inúmeras maneiras de continuar seu desenvolvimento.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Pergunte ao seu empregador

Se você já está trabalhando, peça ao seu empregador para ajudá-lo com o planejamento de desenvolvimento pessoal e de carreira.

As chances são de que a empresa já ofereça treinamento interno ou podem até subsidiar o custo de uma nova certificação se isso ajudar a agregar valor ao negócio.

Não dê desculpas

Finalmente, não há barreiras para colocar em prática o lifelong learning. Existem cursos gratuitos para tudo, desde contabilidade e gestão de negócios até marketing, tecnologia, construção, artes, culinária, enfim.

E não há nada que o impeça de simplesmente pegar um livro e aprender sobre um novo assunto.

Então, não importa quão jovem ou velho você seja, e não importa quanto tempo você tenha, existe algo lá fora para você.

Planilha Gratuita

Controle o Desempenho dos Colaboradores de Forma Prática, Fácil e Eficiente!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba a planilha agora mesmo, de forma gratuita.