Análise SWOT pessoal: Aproveitando todo o seu Talento

É mais provável que você tenha sucesso na vida se usar seus talentos ao máximo.

Da mesma forma, você poderá evitar alguns problemas se souber quais são suas fraquezas e se gerenciar essas fraquezas de modo que elas não interfiram no trabalho que você faz.

Mas, como você pode identificar seus pontos fortes e fracos para aproveitar oportunidades ou minimizar fraquezas?

A análise SWOT é uma ferramenta simples e útil que pode ajudá-lo nessa questão.

Ao compreender suas fraquezas, você pode gerenciar e eliminar ameaças que impediriam sua capacidade de avançar.

Se você olhar para si mesmo usando a estrutura SWOT, poderá começar a se destacar e desenvolver ainda mais os talentos e habilidades especializados necessários para avançar em sua carreira e alcançar seus objetivos pessoais.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

O que é análise SWOT pessoal

Uma análise SWOT pessoal é o processo de descobrir e examinar diferentes aspectos e organizar suas descobertas em um modelo simples de grade 2X2.

Os quadrantes são preenchidos da seguinte forma:

S – strengths (forças): canto superior esquerdo

W – weaknesses (fraquezas): canto superior direito

O – oportunities (oportunidades): canto inferior esquerdo

T – threats (ameaças): canto inferior direito

Aqui está um detalhamento do que cada palavra significa no contexto de uma análise SWOT:

  • Pontos fortes: é aquilo que você já está fazendo bem, os recursos exclusivos que você possui ou características que o destaquem dos demais.
  • Pontos fracos: são áreas em que você pode melhorar.
  • Oportunidades: são áreas que você pode aproveitar agora. Podem ser novos recursos disponíveis ou tendências emergentes nas quais você pode se apoiar.
  • Ameaças: são fatores que podem impactar você negativamente. Como um fator externo, as ameaças geralmente estão além do seu controle.

Como as informações são apresentadas em uma grade de fácil leitura, as análises SWOT são avaliações rápidas e diretas.

E uma vez que esteja tudo organizado, você tem melhores condições de avaliar e realizar as mudanças necessárias.

Por que a análise SWOT pessoal é importante?

Quando se trata de mudanças significativas em sua vida, envolve muita coleta de informações, pensamento e análise.

A realização de uma análise SWOT pessoal pode ajudá-lo a evitar erros imprevistos, pois exige que você aborde seus pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças.

Anotar seus pontos fortes o ajudará a ver suas vantagens sobre seus pares. Conhecer seus pontos fortes o ajudará a se posicionar em qualquer objetivo que deseja alcançar.

Uma das partes essenciais é listar suas fraquezas. Pode ser difícil admitir suas falhas, então, desenvolva um plano e uma estratégia para preencher suas lacunas depois de reconhecê-las com sucesso.

A lista de oportunidades ajuda a determinar as disponibilidades ou chances que o guiam em direção aos seus objetivos.

Reconhecer ameaças ao seu caminho pessoal ou profissional permite que você construa um plano defensivo sobre o que pode se tornar seus obstáculos e evita desafios inesperados.

Dê um passo para trás e pense nas melhores maneiras de reconhecer o que você precisa melhorar. Você pode se surpreender como a autoavaliação pode ajudá-lo na tomada de decisões e abrir muitas novas portas de oportunidades para você.

Quando fazer uma análise SWOT pessoal

Não existe hora certa ou errada para fazer uma análise SWOT. Há, no entanto, momentos em que ela pode ser particularmente útil.

Preparando-se para uma entrevista de emprego

A preparação para entrevistas é um dos usos mais comuns para uma análise SWOT pessoal.

Isso é especialmente verdade, pois uma das perguntas mais famosas da entrevista é “Quais são seus pontos fortes e fracos?”

Muitas pessoas pensam que é difícil criar uma lista de pontos fracos apropriados para entrevistas de emprego, mas esquecem que pode ser difícil criar uma boa lista de pontos fortes também.

É aqui que a análise SWOT pode ajudar antes de sua apresentação na entrevista de emprego.

Ao decidir sobre um diploma universitário

Existem muitas opções de diplomas universitários por aí. Para alguns, basta olhar para seus pontos fortes e interesses.

Já outros precisarão de algo com um pouco mais de estrutura para ajudá-los a decidir o melhor caminho a seguir.

Você não apenas pode fazer uma análise SWOT pessoal para ajudá-lo a decidir no que você seria melhor, mas também pode usá-la para avaliar cada curso em potencial.

Após a formatura da faculdade

Temos tanta estrutura quando estamos na faculdade, que pode ser um choque se formar e perder tudo.

Há tantas decisões a serem tomadas sobre carreira, situação de vida, relacionamentos, objetivos e até passatempos que muitos recém-formados se sentem perdidos e sem direção.

Se este for o seu caso, tente avaliar você mesmo por meio do formato de análise SWOT pessoal para ajudá-lo a decidir o que deseja fazer, o que precisa fazer e quais são os próximos passos.

O simples fato de passar por essa análise como um exercício de avaliação pessoal, pode iluminar vários aspectos relacionados ao seu potencial de carreira.

Durante as autoavaliações do trabalho

Os candidatos em uma entrevista de emprego podem ter sido solicitados a se avaliarem no trabalho. É uma experiência desconfortável, para dizer o mínimo.

Realizar uma análise SWOT pessoal pode ajudá-lo a formatar sua avaliação e impressionar seu chefe ao mesmo tempo.

Sempre que sua vida precisa de uma mudança

Nem sempre há uma razão ou gatilho para a autoavaliação. Às vezes só queremos fazer mudanças.

Você pode estar se sentindo entediado, estagnado ou até insatisfeito com sua situação pessoal.

Seja qual for o caso, realizar uma análise SWOT pessoal pode ajudá-lo a descobrir o que precisa mudar e como colocar em prática estas mudanças.

Como fazer uma análise SWOT pessoal

Uma análise SWOT pessoal torna os processos simples, visuais e acionáveis. Você pode utilizar as seguintes etapas:

Liste os pontos fortes

O primeiro passo é listar seus pontos fortes. Saber isso o ajudará a ter mais confiança em uma entrevista ou ao procurar uma promoção no emprego.

Aqui estão algumas perguntas a serem feitas ao preencher esta parte.

  • Quais são as suas qualificações/certificações profissionais que o destacam dos demais?
  • Sua experiência em algumas áreas pode fazer a diferença para a organização?
  • Quais projetos você concluiu com sucesso?
  • Você tem contatos úteis em áreas como publicidade, marketing e outros?
  • Que outras habilidades você possui e que o tornam diferenciado? Por exemplo, coisas como liderança e dedicação ao trabalho.
  • O que os outros veem como seus pontos fortes?

A parte “o destacam dos demais” é muito importante na análise SWOT.

Por exemplo, em uma empresa de software, ter um diploma em engenharia de software não é um ponto forte, porque a maioria deve ter. Já um mestrado em matemática pode colocá-lo em evidência.

Conheça seus pontos fracos

O segundo passo é identificar seus pontos fracos. A análise SWOT é usada por indivíduos para avaliar e melhorar a si mesmos. Identificar os pontos fracos é a melhor maneira de melhorá-los.

Isso também ajuda você a estar preparado para responder questionamentos se eles surgirem durante uma entrevista ou avaliação de desempenho. Faça a si mesmo essas perguntas ao preenchê-lo:

  • Você tem as habilidades/qualificações necessárias para ter sucesso em suas funções atuais ou futuras?
  • Você tem maus hábitos? Por exemplo, chegar atrasado com frequência, habilidades de comunicação ruins, entrega de relatórios incompletos ou com atraso, etc.
  • Que outras características você pode melhorar para ser mais eficiente?
  • O que os outros veem como suas fraquezas, mesmo que você não considere?

Seja honesto e realista ao responder às perguntas. Afinal, é uma autoavaliação que só você verá. Use-a como um trampolim para melhorias futuras.

Encontre oportunidades correspondentes

As oportunidades vêm em diferentes formatos. Às vezes, elas passam por você sem que você perceba. Então, aqui estão algumas possibilidades para ficar atento.

  • Existem mudanças/avanços significativos em seu setor que você pode aproveitar?
  • Surgiu uma nova tecnologia ou tendência em seu mercado que você pode usar no futuro?
  • Há uma nova posição anunciada em sua empresa que corresponda ao seu conjunto de habilidades? Ou um cargo ficou vago?
  • Existe um novo projeto em sua organização que você pode participar e que irá beneficiar sua carreira?
  • A aquisição de novas habilidades pode lhe dar uma vantagem competitiva como por exemplo, saber outro idioma?

A lista de perguntas pode continuar. O mais importante é estar atento às oportunidades.

É ótimo se uma oportunidade corresponder aos seus pontos fortes. Mas às vezes surgem grandes oportunidades em áreas que não correspondem ao seu conjunto de habilidades.

Considere os prós e os contras antes de rejeitá-las.

Fique atento às ameaças

Ao fazer uma análise SWOT pessoal, você precisa pensar em si mesmo como uma empresa ou um produto e se avaliar em relação aos outros.

Dessa forma, fica mais fácil identificar ameaças. Então aqui está como identificar ameaças.

  • Um de seus colegas está fazendo um trabalho melhor do que você em uma função semelhante? Vocês dois estão disputando a mesma promoção?
  • A popularidade das novas tecnologias ou o desaparecimento das tecnologias antigas estão ameaçando sua carreira? Por exemplo, é comum que as carreiras de engenheiros de software se tornem obsoletas se eles não investirem em atualizações.
  • Suas características pessoais estão prejudicando seus avanços na carreira?
  • Quais são os obstáculos que o impedem de atingir seus objetivos? Considere a vida pessoal e profissional ao responder esta pergunta.

Identifique as ameaças e tente eliminar as que você puder.

Determinando os resultados da sua análise SWOT pessoal

Avalie seus resultados usando dois métodos populares: combinar ou transformar negativos em positivos.

Combinar significa conectar duas das categorias para determinar um curso de ação.

Quando você transforma negativos em positivos, desenvolva um conjunto de habilidades por meio da educação ou encontre uma maneira criativa de transformar uma fraqueza em uma força.

Por exemplo, a análise SWOT pode ter identificado que você é extrovertido, então um ambiente de trabalho introspectivo ou isolado pode não ser adequado para você.

Isso pode levá-lo a buscar uma posição em vendas, onde sua personalidade extrovertida permite que você se destaque.

Você também pode atualizar seu currículo para refletir o que aprendeu para garantir que ele represente a carreira desejada.

Transforme sua análise SWOT pessoal em metas acionáveis

Depois de terminar a grade, é hora de usar os resultados para criar um plano realista.

Ao comparar os quadrados vertical e horizontalmente, você pode tirar conclusões significativas para moldar sua estratégia de autoaperfeiçoamento.

Procure oportunidades que se alinhem com seus pontos fortes

Avalie oportunidades potenciais sob a visão de seus pontos fortes pessoais. Se você tiver a chance de perseguir um objetivo adequado às suas habilidades, essa oportunidade deve estar no topo da sua lista de prioridades.

Anote uma lista de passos que você deve seguir para alcançar esse objetivo. Você precisa de ajuda ou aprovação de outra pessoa para fazer isso acontecer?

Quais recursos você precisa para atingir seu objetivo ? Se houver influências externas envolvidas em sua decisão, compile pesquisas para ajudar a defender seu caso e explique por que você é a pessoa certa para a tarefa.

Considere as ameaças as suas oportunidades.

Não importa o quanto você esteja comprometido em fazer uma mudança, nem todas as decisões estão sob seu controle.

Pese as ameaças que você listou e considere como elas podem impedi-lo de buscar uma oportunidade. Possibilidades com poucas ou nenhuma ameaça são as melhores para perseguir primeiro.

Enquanto isso, pense em como você pode minimizar as ameaças a outras oportunidades, para que você ainda possa aproveitá-las no futuro.

Use seus pontos fortes para superar os pontos fracos

Nem todas as fraquezas são corrigíveis, mas em muitos casos, você pode minimizá-las. Neste ponto, você deve restringir suas oportunidades em uma lista mais acionável.

Olhando para suas fraquezas, você vê algo que possa interferir diretamente em sua capacidade de buscar uma oportunidade? Se não, vá em frente!

Mas se sua fraqueza afetar suas chances, procure maneiras de usar seus pontos fortes para superá-las.

Por exemplo, você pode usar suas habilidades especializadas para assumir uma função em que não precisa gastar tanto tempo fazendo tarefas nas quais não é bom?

Identifique onde as fraquezas e ameaças se sobrepõem

Enquanto as fraquezas são internas, as ameaças são elementos externos que podem representar um risco para o seu sucesso.

Quando elas se sobrepõem, têm o potencial de criar grandes obstáculos. Quanto mais você aprender a gerenciá-las, melhor será para manter seus objetivos no caminho certo.

Priorize trabalhar em pontos fracos que o tornam mais vulnerável a ameaças externas.

Mesmo que você só possa progredir um pouco de cada vez, qualquer autoaperfeiçoamento o torna mais bem equipado para se recuperar de contratempos.

Faça um brainstorming de possíveis problemas que possam surgir de fraquezas e ameaças combinadas e descreva as ações que você pode tomar para resolver cada situação.

Dessa forma, você se sentirá mais preparado se nem tudo sair como planejado.

Dicas para sua análise SWOT pessoal

Conheça alguns princípios básicos para você levar em consideração ao concluir sua análise SWOT pessoal.

Dê a si mesmo um propósito

Quem quer que você seja. O que quer que você faça.

A primeira coisa que você precisa é um objetivo ou um alvo. O alvo pode ser um novo emprego ou um novo projeto, ou mesmo apenas um ano viajando.

Ao ter um objetivo, você poderá concentrar seus esforços e responder às perguntas certas quando se trata de revisar seus pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças.

Seu objetivo fornece um propósito para fazer a análise SWOT pessoal e uma pessoa com um propósito é quase certamente uma pessoa com convicção.

Faça o máximo de perguntas possível

Alguns podem dizer que a vida começa com uma pergunta. E são suas respostas que o ajudam a prosperar.

Aqui estão alguns exemplos:

  • S – Quais são os meus dons?
  • W – Em quais áreas eu preciso melhorar?
  • O – Que mudanças externas me trarão oportunidades?
  • T – Quais são os aspectos negativos na minha área de interesse?

Estes são apenas os exemplos mais simples. Você precisa fazer muito mais perguntas do que isso.

Pense fora da caixa ao criar suas próprias perguntas.

Pergunte a outros

Isso pode parecer um pouco contraditório com a regra anterior.

No entanto, isso não significa que você não pode obter alguma orientação das pessoas ao seu redor.

Pode ser dos familiares, mas tenha cuidado! Eles podem apenas dizer o que você quer ouvir. Ou de colegas, amigos ou mesmo de pessoas que você conhece há pouco tempo.

Pensar cuidadosamente sobre o que eles dizem ajudará você a responder muitas das perguntas de maneiras diferentes.

Não tenha medo de admitir suas fraquezas

Isso é fundamental.

Uma das perguntas mais difíceis em uma entrevista é “Qual é a sua fraqueza?” Mas você não está em uma entrevista, então não importa que tipo de fraquezas você tem.

Elas podem ser questões que você não necessariamente admitiria a um futuro empregador.

Ter pleno conhecimento de suas fraquezas é sem dúvida o primeiro passo para melhorar sua situação. Seja fiel a si mesmo e você terá sucesso.

Não duplique  – uma fraqueza não pode ser uma força também

Você pode se empolgar preenchendo seus pontos fortes, fracos, etc. Ao fazer isso, você pode listar coisas semelhantes como uma fraqueza sendo uma força.

Portanto, filtrar suas declarações duplicadas nas diferentes seções é extremamente importante. Uma fraqueza também não pode ser uma força e uma ameaça também não pode ser uma oportunidade.

Ameaças antes das oportunidades

A maioria dos guias dirá para você se concentrar em suas oportunidades seguidas por suas ameaças.

Identificar as ameaças antes das fraquezas pode ajudá-lo a identificar algumas novas oportunidades nas quais você talvez nunca tenha pensado se tivesse analisado as oportunidades primeiro. Por exemplo:

  • Ameaça: mudanças na indústria podem deixá-lo para trás.
  • Oportunidade: use blogs, livros e redes sociais para se manter atualizado com os novos padrões do setor.

Tome uma atitude

Este é o objetivo de fazer a análise SWOT pessoal. Assim, você pode agir de verdade na vida real para melhorar suas habilidades e atualizar suas formas de pensar.

Portanto, não basta fazê-la e pensar “está FEITO”.

Certifique-se de estar sempre melhorando e sempre se engajando em seus pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças.

» Sistema Online de Recrutamento e Seleção
Recrute de forma Assertiva com Análises Comportamentais e Diminua o Turnover com a Gestão de Talentos!

Com o RHbot você encontra o talento ideal para cada vaga, criando um processo seletivo mais ágil e assertivo. Automatizando processos você elimina erros e economiza dinheiro!

Cadastre-se no link abaixo, experimente nosso sistema online de forma gratuita e transforme os resultados do seu RH.

Considerações finais

Uma análise SWOT pessoal é uma ótima maneira de organizar, priorizar e planejar seu desenvolvimento pessoal.

Não está isenta de limitações e seu formato simplista significa que uma análise mais aprofundada pode ser necessária.

Mas como uma ferramenta de desenvolvimento rápida e fácil, sem necessidade de treinamento, é extremamente útil e definitiva.

Planilha Gratuita

Controle o Desempenho dos Colaboradores de Forma Prática, Fácil e Eficiente!

Insira seu MELHOR E-MAIL abaixo e receba a planilha agora mesmo, de forma gratuita.